quanto_ganha_dj

Ganhar dinheiro fazendo o que se gosta é um privilégio de poucos, mas a profissão de DJ permite que você realize esse sonho. Nada é fácil, se fosse fácil não seria tão bom, não é mesmo? Vamos descobrir quanto um DJ ganha em média no mercado internacional, isso vai ajudar a criar uma base para saber quanto cobrar pelos seus serviços. Confira!

Uma curiosidade que todos os leitores do DJTuts.com têm é sobre quando um DJ ganha por evento. Para responder isso, vamos consultar uma das mais respeitadas associações norte-americanas, a American Disc Jockey Association. Segundo seu website, as taxas que os DJs cobram por evento variam muito, na faixa dos $350 até $5,000 dólares, uma média de $1,200.00 por 4 horas de performance.

Agora, se você deseja aprender mais a fundo sobre esse assunto, recomendo que você confira esse vídeo agora mesmo...


QUERO VER O VÍDEO

Agora vamos simular uma renda para você DJ, com uma meta para faturar $100 mil dólares por ano. Você vai precisar de 84 eventos por ano para conseguir a média necessária e cumprir sua meta de rendimentos ($1,200 x 84 =$100,800). Essa é uma meta não muito difícil de alcançar, e prova ser bastante interessante do ponto de vista financeiro.

Se você quer fazer mais dinheiro com menos trabalho, você tem algumas alternativas:

Trabalhar em mais eventos

Seja você um DJ em tempo integral ou parcial, essa meta de 84 eventos é bastante realista, desde que você seja determinado e deseje alcançar a sua meta.

Cobrar um pouco mais que a média de mercado

Nessa opção você é um DJ que cobra 50% mais que a média de mercado por seus serviços, isso para chegar aos $100,000 por ano. Desse modo você precisa realizar 56 eventos cobrando $1,800 para alcançar a sua meta ($1,800 x 56 = $100,800). Essa é uma opção que permite trabalhar um pouco menos, mas ganhando o mesmo que a primeira opção.

Criar uma equipe de DJs

Digamos que você abra uma empresa de animação de eventos e conta com 3 DJs; você e mais dois outros. Sua meta anual continua sendo $ 100 mil dólares. Você paga a si mesmo 100% do que você recebe pelos eventos, e seus DJs recebem 50% em média dos $1,800 do serviço. Vamos imaginar que vocês 3 fizeram o mesmo número de eventos, sendo que a sua empresa precisa de 84 eventos por ano para alcançar a meta ($1,800 x 28 a 100% = $50,000, $1,800 x 28 a 50% = $25,200, $1,800 x 28 a 50% = $25,200. Essa opção permite que você trabalhe apenas 42 eventos e ganhe o mesmo valor anual, batendo a sua meta com muito menos esforço.

Incorporar produtos e serviços extra a sua oferta

Iluminação, decoração, álbuns de fotos, jogos, telão multimídia, tudo isso pode ser oferecido como opção em seu portfólio de serviços.

Tornar seu nome em uma Marca Internacional

Essa é a opção mais interessante, uma vez que você pode investir alguns anos nisso, ganhando dinheiro como os DJs normais e ir aumentando seu cachê na medida em que seu sucesso e sua popularidade aumentam. Imagine quando ganha um DJ como o Tiësto? Certamente a meta dos $100 mil dólares seja muito mais fácil de cumprir quando seu nome estiver no nível de um JLO ou Getta. Pense nisso!

Qual dessas opções é ideal para você?

Você tem que avaliar e decidir. Sempre é bom lembrar que um DJ de sucesso deve colecionar as habilidades de DJ, mas também deve ser um bom empresário e um ótimo vendedor de seus produtos e serviços.

Não adianta optar pela empresa com vários DJs se você não for um bom administrador, sabendo contratar a pessoa certa para o serviço. Também o ponto fraco desse tipo de atividade é o menor lucro, desde que você tem que dividir 50% com seus funcionários.

Não se esqueça de colocar como despesa os gastos com marketing, publicidade, manutenção de equipamentos e acessórios. Assim você poderá ter uma real noção de quanto será o seu lucro líquido.

E você, gostou de saber quanto um DJ ganha?

Abraço!

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja aprender quais são os 4 passos para você começar a produzir música eletrônica do zero e sem dificuldades, recomendo que confira esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO