dj rap

Uma dúvida que surge quando consideramos a ideia de ser um DJ é se precisamos conhecer a teoria musical ou mesmo tocar algum instrumento. Em muitos casos, essa dúvida acaba impedindo um futuro DJ talentoso de começar sua caminhada na indústria do DJ. Vamos descobrir quais são os dois tipos de músicos mais comuns e como você pode fazer DJ sem ser um músico. Continua...

Basicamente existem dois tipos de pessoas que estão envolvidas com música, o primeiro tipo é o "músico formal", alguém que sabe ler e escrever música e toca piano como ninguém. Esse tipo formal normalmente começou cedo a aprender a teoria musical e foi ainda criança para suas aulas de piano, mesmo sem querer. Músicos formais podem se conectar com outros músicos formais e formar uma orquestra. Também é possível ler uma música e reproduzi-la com enorme precisão. Um músico assim está acostumado a ver a música com suas partições rítmicas, harmonias, acordes, escalas. É praticamente um músico matemático.

Agora, se você deseja aprender mais a fundo sobre esse assunto, recomendo que você confira esse vídeo agora mesmo...


QUERO VER O VÍDEO

Ou segundo tipo de músico é o espontâneo. Esse tipo é capaz de sentir a música, pode fazer improvisos soltos no violão, solar a guitarra loucamente, tudo isso na maioria dos casos sem qualquer conhecimento mais profundo de teoria musical. Ler música não é o forte do músico espontâneo, mas esse tipo sempre busca a música por si mesmo, sem qualquer pressão familiar. O talento espontâneo não quer dizer que a pessoa nasceu pronta, mas que tem uma grande facilidade ao trabalhar com ritmos, combinação de beats, mixagens na nota. Tudo isso pode ser feito sem saber ao certo porque uma música combina com outra quando está na mesma nota base.

Um Músico Formal Tem Problemas para Aprender DJ

Um músico que aprendeu toda a teoria musical pode estar acostumado com instrumentos musicais, e fazer DJ não é tocar um instrumento musical. Quando o músico formal aborda uma mixagem o primeiro pensamento é tentar harmonizar as notas, quantizar os tempos, tudo com base na teoria musical. Isso por um lado é bom, são ferramentas mentais que ajudam a fazer uma abordagem mais técnica da coisa, mas isso engessa sua criatividade.

Por outro lado, um DJ espontâneo é capaz de se orientar pelo sentimento, sabendo quais tracks combinam uma sobre a outra, a melhor hora para introduzir um efeito ou algum elemento rítmico. Por não ter os parâmetros do músico teórico, a criatividade ganha espaço para aflorar.

Ser DJ sem Ser Músico

Agora que você sabe que fazer DJ não é tocar um instrumento, seu medo de não conseguir ser um DJ por não tocar nem um violãozinho pode ficar de lado. Você consegue perceber a similaridade entre duas tracks? Consegue imaginar como as duas tracks poderiam se combinar? Saberia o que tocar dependendo da ocasião e do seu público? Conhece um pouco sobre computadores, amplificadores, software DJ e outros? Parabéns, você está no caminho certo para se tornar um DJ espontâneo.

Quando o Sucesso Chegar

Uma coisa é certa: no final você vai saber muito mais sobre teoria musical do que você poderia imaginar. Quando você ficar famoso no seu país ou mundialmente, será necessário produzir algo para seus fãs, então terá que aprender como manipular um software sequenciador para conseguir colocar toda a sua criatividade em uma peça de áudio.

Seu instrumento será o sequenciador e sua criatividade será o seu guia. O que importa para um DJ não é basicamente o dinheiro, quem realmente gosta de misturar sons faz isso por pura diversão. Toda essa realização acaba passando para o que você toca ao vivo ou produz em seu estúdio. Seu público sente essa "vibe" e se identifica com você.

Alguns músicos não colocam fé em DJs, mas normalmente param de criticar quando tentam fazer DJ e não conseguem. Precisa mais do que teoria, precisa emocionar o público!

Bons scratchs!

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja aprender quais são os 4 passos para você começar a produzir música eletrônica do zero e sem dificuldades, recomendo que confira esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO