O trabalho do engenheiro de som é bem diferente do trabalho do DJ ou é mais uma competência que todo DJ deveria desenvolver?

Os engenheiros de som produzem música, o Disc Jockey as vende, promove as gravações neste caso. Isso faz parte de é um negócio e o público é quem consome esse produto. Confira...

O artista normalmente pagará ao estúdio de gravação uma taxa horária para gravar sua música, esse custo varia de acordo com os requisitos das bandas, eles podem precisar de músicos durante as sessões, um produtor ou outros serviços oferecidos.

O engenheiro de som irá gravar, mixar e masterizar as faixas prontas para a distribuição nos formatos escolhidos, CD, vinil ou downloads digitais. Quando o trabalho de Engenheiros de Som termina, é hora de vender as gravações.

O Disc Jockey cai em 3 grupos, 1: Broadcast DJ. 2: Club DJ. 3: Mobile DJ.

O Broadcast DJ é o mais importante para informar os ouvintes de todas as novas músicas disponíveis via rádio ou TV, muitas vezes sob a forma de versões mais curtas de uma música, chamadas de edições de rádio.

O Club DJ apresenta a nova música a uma audiência ao vivo e avalia a reação do público. É possível que este DJ possa alterar a faixa original ou usar uma versão de 12 min., chamada de Versão Estendida.

É improvável que o Mobile DJ toque músicas desconhecidas e as torne em hits populares, por isso não são muito úteis para promover novos materiais. Este DJ possui algumas habilidades de Engenharia de Áudio para configurar o equipamento.

Os 5 elos mais importantes são: O Artista, O Engenheiro de Som, O Fabricante, O Disc Jockey e O Público Consumidor em Geral.

Obviamente, os engenheiros de som fazem muito mais do que apenas gravar uma música, da mesma forma, o DiscJockey não apenas promove a música, isso é apenas um exemplo de como funciona a indústria do entretenimento.

Espero que dê para ter uma ideia da diferença entre eles.

Diferenças Entre DJs e Engenheiros de Áudio

Explicando muito, muito basicamente...

Os efeitos de voz que você ouve na música (ecos, coros, atrasos, pitch automático) são feitos pelo engenheiro de som. E depois de fazer isso, um engenheiro de som também masteriza os vocais da música (traz para os níveis comerciais) mixando com as batidas da música para que o produto final soe bem aos ouvidos.

DJs (a menos que eles também sejam produtores da música), principalmente refazem uma faixa já criada, alterando o ritmo da música. Eles podem adicionar rap em uma música pop, tornando-a hip-hoppish ou estendê-la, adicionando uma batida de trance ou algo assim. Basicamente eles fazem alterações na música, ao contrário dos engenheiros de som que fazem mudanças mais profundas, influenciando na mixagem e na masterização.

Dj Tremmo descreveu bem as diferenças operacionais entre os profissionais da música eletrônica.